quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Os dois Juramentos

Deus fez dois juramentos: um para bênçãos e outro para maldição. O de bênçãos foi dirigido aos da fé constante; o juramento de maldição foi para os da fé inconstante.

E aqui está a grande diferença entre cristãos e “cristãos”. Os que realmente creem, mantêm a crença, custe o que custar. Não importam as lutas e desafios enfrentados nos desertos da vida. Há uma convicção íntima de vitória que os faz perseverar até o fim. Nas cartas apocalípticas o Senhor enfatiza a perseverança como condição da vitória.

Mas, para os “cristãos” de fé inconstante, a exemplo dos rebeldes filhos de Israel no deserto, nada lhes resta senão colher os frutos da ira de Deus.

“…jurei na minha ira: Não entrarão no meu descanso.” (Hebreus 3:11)


Publicado por Bispo Edir Macedo

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Não jogue a culpa nos outros

Uma empresa estava dando prejuízo e os funcionários sentiam-se extremamente desmotivados. Era preciso fazer algo para reverter o caos. Ninguém, porém, queria assumir nada. Pelo contrário, o pessoal apenas reclamava que as coisas andavam ruins e que não havia perspectiva de progresso na empresa.
Um dia, quando os funcionários chegaram para trabalhar, encontraram na portaria um cartaz no qual estava escrito: "Faleceu ontem a pessoa que impedia o seu crescimento na empresa. Você está convidado para o velório na quadra de esportes". Todos ficaram curiosos para saber que pessoa andara impedindo o crescimento deles na empresa. E foram lá ver. Conforme os funcionários se aproximavam do caixão, a excitação aumentava:
- Quem será que andava atrapalhando o meu progresso? Ainda bem que esse infeliz morreu...
Um a um, agitados, os funcionários aproximavam-se do caixão, olhavam para dentro dele e engoliam em seco, caindo em seguida no mais absoluto silêncio, como se tivessem sido atingidos no fundo da alma. No visor do caixão, havia sido colocado um espelho.
A mensagem atingiu a todos: só existe uma pessoa capaz de limitar seu crescimento e o da empresa: você mesmo.


RESUMO: Ninguém é culpado nos nossos fracassos, a não ser nos mesmos e ninguém tem que levar mérito nas nossa VITORIAS pois a vitoria só depende de nos mesmos.

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Dois erros comuns que muitos cometem

Muitos não obtêm resultados da fé por um destes dois erros comuns:

1. Considera-se pecador, não merece as bênçãos de Deus porque já fez muita coisa errada, acha que sua fé é pequena, etc. Se DIMINUI diante de Deus.

2. Considera-se santo, justo, cheio de méritos por ser trabalhador, honesto, dedicado, bondoso, etc. Por isso, acha que vai ser abençoado por sua justiça.

O problema é que Deus não opera em nenhum destes termos. Ele é conhecido por abençoar até prostitutas e ladrões, e também não abençoa a todos os 'bonzinhos'.

Por quê?

A única coisa que importa para Deus na questão de abençoar alguém é se aquela pessoa manifestou a fé. Creu, agiu, levou. Não creu, fica chupando o dedo.


PUBLICADO POR: Bispo Renato Cardoso

Por que não nos demos as mãos bem antes?

Certo fazendeiro soube que sua filha de três anos estava perdida num trigal da sua fazenda.

Chamou os amigos e durante dois dias procuraram por toda parte, mas não puderam encontrá-la.

Finalmente pediu ao delegado local, que, convocando todos os homens deram as mãos formando uma grande fileira e, caminhando juntos, praticamente, varreram o trigal.

Poucos momentos de procura e encontraram a garotinha, no entanto já morta.

Em seu exame, o médico concluiu que a morte ocorrera há uma ou duas horas antes. O fazendeiro, pai da menina, então, lamentou:

"Oh Deus! Porque não nos demos as mãos bem antes?"


Extraído da Internet

Razão da Historia:
Se na igreja todos derem as mãos na hora de evangelizar ao inves de na hora que o pastor marcar evangelização começarmos a dar desculpa para não ir, muitas ALMAS serão salvas.

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Altar do Holocausto

De madrugada Abraão se levantou Três dias no deserto caminhou

Ninguém sabia o que ele ia fazer E o quanto lhe custava obedecer

Guiado pela fé a voz de Deus Sentiu tornar em cinzas os sonhos seus

Subiu ao monte santo Moria E pos o próprio filho no altar

E quando Abraão ergueu as mãos Tocou em Deus no céu o coração

E o Anjo bradou em alta voz Deus proverá Deus proverá

Pra quem lutar sacrificar Deus proverá pra subir o monte Moria

Deus proverá Deus proverá Pra quem lutar e mesmo exausto

Entregar a própria vida No altar do holocausto

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Ser usado por Deus ou ser usado pelo diabo? Qual o resultado disso?

Esse é o testemunho de Ana Paula Diniz, Ex-Obreira, da IURD de Guanabara, Região do Novo Progresso – Minas Gerais – Brasil.

Fui obreira da Igreja Universal e saí de obra por ter engravidado. Não usei o uniforme por muito tempo. Isso me fez esfriar na fé, saí do meio do fogo, e me apaguei. Mas não sai da igreja, continuei freqüentando assiduamente e achava que estava bem. A sensação de bem estar me fazia supor que tinha encontrado o meu Deus. Grande engano! Com o passar dos anos nada ia mudando na minha vida e fiquei religiosa, ia na igreja, mas não via diferença na minha vida, até que comecei a olhar para os problemas e me esfriei e isso na igreja. Aconteceram muitas coisas, me separei, minha vida virou um inferno!!

Até que um dia me REVOLTEI com essa situação. Resultado, manifestei com legiões de demônios e isso na mesma igreja que era obreira. Mas quando o que está em risco é a sua salvação, a pessoa SINCERA e HUMILDE não quer saber de nada, nem olha pra situação. Eu só queria ser salva e ter um encontro com Deus. É fácil? Não, não é. Mas também não é tão difícil se você analisar que o que está em jogo é a sua SALVAÇÃO ETERNA.

Enquanto eu lutava meu cunhado que era ex-Pastor se entregava cada dia mais ao mundo. Teve uma reunião especial pra ex-Obreiros e ex. pastores eu o chamei, ele não quis ir… A mesma oportunidade que tive ele também teve.

Mas uma coisa que ele disse pra mim ficou marcado, ele disse pra Deus: SE O SENHOR NÃO ME USAR O DIABO VAI ME USAR.

CUIDADO COM AS PALAVRAS AMIGOS!!!

Jesus disse: Porque pelas suas palavras serás justificado e pelas suas palavras, serás condenado. Enquanto eu lutava para me libertar, ele trocava o dia pela noite, pelos prazeres desse mundo.Em um domingo eu estava buscando a Deus e ele bebendo o dia todo, subiu em uma moto e perdeu o controle dela. Morreu, 25 anos, novo e bonito.

E eu me libertei, tive um encontro com Deus, voltei pro meu marido e temos uma loja.
Paguei o preço e Deus me honrou!!

Nunca desista de sua fé, lute e brigue por ela. Deus honra os que se humilham, mas resiste aos soberbos.

Fiquem na fé!!!

Extraido do site cristão da universal

Parábola da Indecisão

Havia um grande muro separando dois grandes grupos.

De um lado do muro estavam Deus, os anjos e os servos leais de Deus.

Do outro lado do muro estavam Satanás, seus demônios e todos os humanos que não servem a Deus.

E em cima do muro havia um jovem indeciso, que havia sido criado num lar cristão, mas que agora estava em dúvida se continuaria servindo a Deus ou se deveria aproveitar um pouco mais os prazeres do mundo.

O jovem indeciso observou que o grupo do lado de Deus chamava e gritava sem parar para ele:

– Ei, desce do muro agora... Vem pra cá!

Já o grupo de Satanás não gritava e nem dizia nada.

Essa situação continuou por um tempo, até que o jovem indeciso resolveu perguntar a Satanás:

– O grupo do lado de Deus fica o tempo todo me chamando para descer e ficar do lado deles. Por que você e seu grupo não me chamam e nem dizem nada para me convencer a descer para o lado de vocês?

Grande foi a surpresa do jovem quando Satanás respondeu:

– É porque o muro já é MEU!!!

sábado, 3 de outubro de 2009

Perceba o que de bom está acontecendo à sua volta…



Um leão encontrou um grupo de gatos conversando…
- “Vou devorá-los”, pensou.
Mas começou a sentir-se estranhamente calmo. E resolveu sentar-se com eles, para prestar atenção no que diziam:
- Meu bom Deus – disse um dos gatos, sem notar a presença do leão. Oramos a tarde inteira! Pedimos que chovesse ratos do céu!
- E, até agora, nada aconteceu! – disse outro. – Será que o Senhor não existe?
O céu permaneceu mudo. E os gatos perderam a fé.
O leão levantou-se, e seguiu seu caminho, pensando: “veja como são as coisas. Eu ia matar estes animais, mas Deus me impediu. Mesmo assim, eles pararam de acreditar nas graças Divinas: estavam tão preocupados com o que estava faltando, que nem repararam na proteção que receberam”.

“Lamentar aquilo que não temos
é desperdiçar aquilo que já possuímos”.

Deus Abençoe a Todos!

O motivo das perseguições

Por que tentam denegrir o trabalho da IURD e, em especial, sua liderança?
O que está por detrás dessa perseguição implacável?

O povo de Deus tem conhecimento de que as entidades infernais usam e abusam de seus subservientes na Terra. Mas o que poucos sabem é que elas os têm usado para monopolizar a fé de forma emotiva e tradicional: a fé colorida.

Esse tipo de fé tem conduzido os incautos a acreditar nas fantasias criadas pela arte e imaginação pagãs com fins exclusivamente econômicos. É o caso do Natal, Páscoa, Sexta-feira da Paixão, dia dos mortos, dia das almas etc. Cada dia santo é motivo para alavancar indústria e comércio. O pano de fundo sempre é a fé emotiva, em nome do cristianismo.

Por conta do discurso revelador da IURD, que tem promovido a fé consciente, separada de sentimentos e entusiasmos, verifica-se logo um andar na contramão. Obviamente, isso provoca verdadeira revolução na sociedade, contrariando interesses político-econômicos.

Se Deus existe, conforme se tem crido, por que não cobrar dEle respostas às necessidades vigentes? Se Ele atendeu no passado, por que não vai atender no presente?

Esse é o tipo de fé que satisfaz tanto a Deus quanto aos que nEle creem. Nela há coerência.

Ou Deus existe ou não existe. Como sabê-lo? Fatos irrefutáveis são a única resposta.

Deus abençoe a todos.

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

terça-feira, 11 de agosto de 2009

Mensagem da Semana


Quem serve a Deus é injustiçado e caluniado. Quem serve a si mesmo é 'admirado'. Vamos ver quem sai ganhando...

Bispo Edir Macedo

sábado, 8 de agosto de 2009

Talvez você olhou este texto com pressa e nem ligou...

É, o tempo de Deus é diferente do nosso.

Não angustieis, pois somente Ele sabe a hora de tudo e por mais difícil que nos seja suportar. Amém.

É de arrepiar! Salmos 100.4(Para os que não crêem é uma excelente história).

Na quinta feira, dia nove, entre uma reunião e outra, o empresário aproveitou para ir fazer um lanche rápido em uma pizzaria na esquina da Rua Yafo com Rua Mêlech George, no centro de Jerusalém.

O estabelecimento estava superlotado e logo ao entrar na pizzaria, Moshê percebeu que teria que esperar muito tempo numa enorme fila, isso é, se realmente desejasse comer alguma coisa – mas ele não dispunha de tanto tempo.

Indeciso e impaciente pôs-se a ziguezaguear por perto do balcão de pedidos, esperando que alguma solução caísse do céu. Percebendo a angústia do estrangeiro, um israelense perguntou-lhe se ele aceitaria entrar na fila na sua frente. Mais do que agradecido, Moshê aceitou. Fez seu pedido, comeu rapidamente e saiu em direção à sua próxima reunião.

Menos de dois minutos após ter saído, ele ouviu um estrondo aterrorizador. Assustado, perguntou a um rapaz que vinha pelo mesmo caminho que ele acabara de percorrer, o que acontecera. O jovem disse que um homem-bomba acabara de detonar uma bomba na pizzaria Sbarro`s. Moshê ficou branco. Por apenas dois minutos ele escapara do atentado. Imediatamente lembrou do homem israelense que lhe oferecera o lugar na fila. Certamente ele ainda estava na pizzaria.

Aquele sujeito salvara a sua vida e agora poderia estar morto.

Atemorizado, correu para o local do atentado para verificar se aquele homem necessitava de ajuda. Mas encontrou uma situação caótica no local. A Jihad Islâmica enchera a bomba do suicida com milhares de pregos para aumentar seu poder destrutivo. Além do terrorista, de vinte e três anos, outras dezoito pessoas morreram, sendo seis crianças. Cerca de outras noventa pessoas ficaram feridas, algumas em condições críticas.

As cadeiras do restaurante estavam espalhadas pela calçada. Pessoas gritavam e acotovelavam-se na rua, algumas em pânico, outras tentando ajudar de alguma forma. Entre feridos e mortos estendidos pelo chão, vítimas ensangüentadas eram socorridas por policiais e voluntários.

Uma mulher com um bebê coberto de sangue implorava por ajuda. Um dispositivo adicional já estava sendo desmontado pelo exército. Moshê procurou seu ’salvador’ entre as sirenes sem fim, mas não conseguiu encontrá-lo. Ele decidiu que tentaria de todas as formas saber o que acontecera com o israelense que lhe salvara a vida.

Moshê estava vivo por causa dele. Precisava saber o que acontecera, se ele precisava de alguma ajuda e, acima de tudo, agradecer-lhe por sua vida. O senso de gratidão fez com que esquecesse da importante reunião que o aguardava.

Ele começou a percorrer os hospitais da região, para onde tinham sido levados os feridos no atentado. Finalmente encontrou o israelense num leito de um dos hospitais. Ele estava ferido, mas não corria risco de vida. Moshê conversou com o filho daquele homem, que já estava acompanhando seu pai, e contou tudo o que acontecera. Disse que faria tudo que fosse preciso por ele. Que estava extremamente grato àquele homem e que lhe devia sua vida.

Depois de alguns momentos, Moshê se despediu do rapaz e deixou seu cartão com ele. Caso seu pai necessitasse de qualquer tipo de ajuda, o jovem não deveria hesitar em comunicá-lo.

Quase um mês depois, Moshê recebeu um telefonema em seu escritório em Nova Iorque daquele rapaz, contando que seu pai precisava de uma operação de emergência. Segundo especialistas, o melhor hospital para fazer aquela delicada cirurgia fica em Boston, Massachussets. Moshê não hesitou. Arrumou tudo para que a cirurgia fosse realizada dentro de poucos dias.

Além disso, fez questão de ir pessoalmente receber e acompanhar seu amigo em Boston, que fica a uma hora de avião de Nova Iorque.

Talvez outra pessoa não tivesse feito tantos esforços apenas pelo senso de gratidão. Outra pessoa poderia ter dito: “Afinal, ele não teve intenção de salvar a minha vida, apenas me ofereceu um lugar na fila!”

Mas não Moshê. Ele se sentia profundamente grato, mesmo um mês após o atentado. E ele sabia como retribuir um favor.

Naquela manhã de terça-feira, Moshê foi pessoalmente acompanhar seu amigo – e deixou de ir trabalhar. Sendo assim, pouco antes das nove horas da manhã, naquele dia 11 de setembro de 2001.
Moshê não estava no seu escritório no 101.º andar do World Trade Center Twin Towers.



[Relatado em palestra do Rabino Issocher Frand.]
“Entrai pelas portas d’Ele com gratidão, e em seus átrios com louvor;
louvai-o, e bendizei o seu nome.”
Salmos 100:4

Envie para outras pessoas ainda hoje.
Obs: Não ignore porque terás uma surpresa!


Retirado do site www.juventudecarioca.com.br

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

o que é aquilo ?

Perseverança



A definição da palavra perseverança é: conservar-se constante; permanecer sem mudar ou variar de intento. Existem muitas virtudes que são maravilhosas como já vimos: atitudes positivas; inspiração; planejamento e motivação, porém a perseverança é fundamental. Acreditamos que 99% da fé é perseverança, pois sem ela não existe nenhuma chance de sucesso.
- De que adianta uma atitude positiva hoje, se não se permanecer até alcançar o objetivo;
- Uma inspiração sem a perseverança para torná-la em algo concreto;
- Um planejamento, e não colocá-lo em prática;
- Estar animado hoje e desanimado amanhã.
E é justamente a perseverança que não nos deixa desistir, aí está a diferença entre as mulheres e homens de sucesso dos demais. Só como exemplo:
- Estudos mostram que o Brasil tem uma das piores taxas de abandono escolar. Segundo dados de 2006, 36.3% dos estudantes, até ao 12º ano, abandonaram os estudos;
- Apenas 43% dos que iniciaram um curso chegam a concluí-lo;
- Nas faculdades, 40% dos que se inscrevem não chegam a formar-se;
- Sem falar das pessoas que começam a aprender um idioma ou entram num concurso e desistiram no meio do caminho.
- Em relação às empresas, nos primeiros 6 meses de 2008, centenas foram consideradas falidas, ou seja, mais 39.4% que no mesmo período de 2007.
Em relação à fé não é diferente. Quantas pessoas começam um propósito e desistem? O próprio Senhor Jesus ensina que devemos dar frutos com perseverança, e em cada 4 pessoas, 3 desistem, apenas uma permanece. “A que caiu na boa terra são os que, tendo ouvido de bom e reto coração, retêm a palavra; estes frutificam com perseverança.”Lc 8.15
Todas as pessoas de sucesso, com certeza tiveram esta sublime virtude, a perseverança. Pois, é ela quem trabalha na natureza, no temperamento, e no comportamento que os vencedores necessitam, tornando-os resistentes para vencer os obstáculos. E é justamente nos momentos difíceis, em tempos de crise, que se deve perseverar. Todos têm sonhos, e coisas pelas quais anseiam, porém só os que perseveram até ao fim é que irão realizar os seus sonhos e alcançar os seus objectivos.
“Com efeito, tendes necessidade de perseverança, para que, havendo feito a vontade de Deus, alcanceis a promessa.” Hb 10.36

segunda-feira, 27 de julho de 2009

Mocidade, Maturidade e Velhice




Há uma lenda em que um sábio oferece à venda um livro dividido em três volumes de oráculos, ao rei de Roma.
O preço dos três volumes era tão alto que o rei se recusou a pagá-lo. Na presença dele o sábio queimou um dos livros.
Anos depois, o rei mandou chamar o sábio e perguntou o preço dos dois volumes que sobraram, descobriu espantado que o preço dos mesmos equivalia ao preço dos três.
Tendo novamente recusado o preço, queimou o sábio o segundo volume. Mais tarde, achando que o preço do volume que sobrou seria menor que os dos outros dois, ficou surpreendido ao saber que correspondia ao preço dos três volumes. Ficou sabendo, então que os três volumes tinha muito a ver com mocidade, maturidade e velhice.
Os homens são dispostos a pensar que o preço da felicidade é demasiado alto. Na mocidade não pagam o preço de uma vida com Deus, e assim 1/3 da sua vida vai embora.
Para a maturidade o mesmo preço é pedido, isto é, a renuncia, a negação do seu eu, a visão da eternidade e o objetivo final. Recusado isso, só resta então a velhice. Aqui a renúncia torna-se mais difícil e parece mais dura, por causa de hábitos fixos e arraigados.

Se o preço fosse pago no começo, ficar-se-ia com os três volumes e a felicidade.

quarta-feira, 22 de julho de 2009

Não tenha medo de arriscar



Havia um rei que, quando fazia prisioneiros, não os matava; levava-os a uma sala onde havia um grupo de arqueiros em um canto e uma imensa porta de ferro no outro, com figuras de caveiras cobertas por sangue. Dizia aos prisioneiros:

- Vocês podem escolher morrer flechados por meus arqueiros ou passar por aquela porta e lá serem trancados.

Todos os que por ali passavam escolhiam ser mortos pelos arqueiros. Um dia um soldado perguntou ao rei:

- O que há por trás dessa assustadora porta?

- Vá e veja você mesmo - disse o rei.

O soldado então abriu vagarosamente a porta e percebeu que à medida que o fazia, raios de sol iam adentrando e clareando o ambiente, até que, quando ela estava totalmente aberta, notou que levava à liberdade, a um caminho que libertaria quem por ela passasse. O soldado ficou espantado, e o rei disse:

- Eu dou a todos a possibilidade de escolha, mas todos preferem morrer a arriscar abrir esta porta.

Na empresa ou na vida pessoal, quantas portas deixamos de abrir por medo de arriscar? Quantas vezes nos anulamos por sentir medo de abrir a porta de nossos sonhos?

"Disse o Senhor a Moisés: por que clamas a mim? Dize aos filhos de Israel que marchem. E tu, levanta o teu bordão, estende a mão sobre o mar e divide-o, para que os filhos de Israel passem pelo meio do mar seco." (Êxodo 14:15,16)

Na biblia nós temos muitos exemplo de homens de Deus que tiveram medo de tomar uma atitude e foram repreendido por Deus assim como moisés.

"Sê forte e corajoso" (Josué 1:6)

sábado, 18 de julho de 2009

Como Foi a Sua Experiencia com Jesus ao Aceitá-lo

Escreva a sua experiencia em poucas linhas pois com certeza vai ajudar muitas pessoas.
Exemplo: você passou por descriminação, foi rejeitado, foi perseguido e etc.
Escreva em comentários pois eu estarei postando a sua experiencia aqui, se quiser mandar fotos mande pelo email: robsonsilva1974@hotmail.com
não esqueça de colocar o seu nome

um abraço
Obs: o seu testemunho é muito importante

Os 10 Mandamentos do Jovem Internauta Cristão

Os 10 Mandamentos do Jovem Internauta Cristão




A juventude hoje em dia passa mais tempo na Internet do que assistindo TV... Achei importante compilar esses '10 Mandamentos' para servir como guia, no meio de tantos perigos oferecidos pela 'Rede'. Aqui vão:

  1. Terás consciência que a Internet é um canal usado pelo bem mas muito mais pelo mal.
  2. Não divulgarás seus dados a quem não conhece pessoalmente.
  3. Saberás que na Internet qualquer pessoa pode fingir ser outra, portanto, a chance de ser enganado é grande. ‘Amigo’ numa rede social pode na verdade ser inimigo.
  4. Fugirás de sites cujo conteúdo não edifica, assim como o cristão também evita freqüentar lugares que não convém.
  5. Evitarás pessoas que flertam contigo na rede como se fossem a praga bubônica.
  6. Não marcarás ‘encontros’ via Internet com pessoas que não conhece. Lembra-te do terceiro mandamento.
  7. Lembrarás que o que revelas de tua vida na Internet, bem como tuas palavras e comportamento, estão sendo observados por outros – e servem como teu testemunho.
  8. Não passarás horas á fio surfando na net sem razão útil, ás custas de tuas outras responsabilidades. Lembra-te que também há vida fora da rede.
  9. Não verás pornografia na Internet, sob qualquer desculpa. Guardarás a tua mente, teus olhos, e teu coração.
  10. Serás uma força para o bem na Internet e não cúmplice do mal.
Bp Renato Cardoso

P.S. Passe adiante!


domingo, 5 de julho de 2009

CUIDADO PARA NÃO ABORTAR GRANDES IDÉIAS



Em uma faculdade de medicina, certo professor propôs à classe a seguinte situação:
Baseados nas circunstâncias que vou enumerar, que conselho vocês dariam a esta senhora grávida do quinto filho? O marido sofre de sífilis e ela de tuberculose. Seu primeiro filho nasceu cego e o segundo morreu. O terceiro nasceu surdo. O quarto é tuberculoso e ela está pensando seriamente em abortar a quinta gravidez. Que caminho a aconselhariam tomar?
Com base nesses fatos, a maioria dos alunos concordou que o aborto seria a melhor saída para ela. O professor, então, disse aos alunos:
- Os que disseram sim à idéia do aborto, saibam que acabaram de matar o grande compositor Ludwig van Beethoven.
Na vida, grandes projetos, excelentes idéias, às vezes são "abortadas" assim que as pessoas envolvidas se vêem diante de situações difíceis. Tudo, para ser bem-feito, leva tempo e exige perseverança, tenacidade e entusiasmo.
“Então, Isaque saiu dali e se acampou no vale de gerar, onde habitou.
E tornou Isaque a abrir os poços que se cavaram nos dias de Abraão, seu pai (porque os filisteus os haviam entulhado depois da morte de Abraão), e lhes deu os mesmos nomes que já seu pai lhes havia posto.
Cavaram os servos de Isaque no vale e acharam um poço de água nascente.
Mas os pastores de gerar contenderam com os pastores de Isaque, dizendo: Esta água é nossa. Por isso, chamou o poço de Eseque, porque contenderam com ele.
Então, cavaram outro poço e também por causa desse contenderam. Por isso, recebeu o nome de sitna.
Partindo dali, cavou ainda outro poço; “ (Gênesis 26:17-22)
Vejam que na vida de Isaque ele encontrou dificuldades, mas nem por isso ele desitiu ele foi perseverante por isso que na terra dos seus inimigos ele prosperou, pois não olhou para os desafios e dificuldades ele não abortou os seus sonhos e projetos.
Sejam perseverantes e vocês verão o poder de Deus em suas vidas como foi com Isaque.
O Deus de Abraão, Isaque e Jacó é o seu Deus, então perseverem e semeiem sem olhar para as dificuldades.

terça-feira, 30 de junho de 2009

A Última Hora


Esse hino é muito forte e fala sobre a salvação, esta na voz do Bispo Macedo e de Márcio Pinheiro.
Muito bacana, ouça então:

segunda-feira, 29 de junho de 2009

Por que na Igreja Uns Vencem e Outros Não?


Um homem vinha caminhando pela floresta quando viu uma raposa que perdera as pernas e ficou curioso para ver como ela faria para sobreviver.
Notou, então, um tigre se aproximando com um animal abatido na boca. O tigre saciou a sua fome e deixou o resto da presa para a raposa se alimentar. No dia seguinte, Deus alimentou a raposa usando o mesmo tigre.
O homem maravilhou-se da grandiosidade de Deus e disse a si mesmo:
- Também eu irei me recolher num canto, com plena confiança em Deus, e ele há de prover tudo de que eu precisar.
Assim fez, mas durante muitos dias nada aconteceu. Estava já quase às portas da morte quando ouviu uma voz:
- Ó, tu que estás no caminho do erro, abra os olhos para a verdade! Segue o exemplo do tigre e pára de imitar a raposa aleijada.
Eu não consigo entender certas pessoas que simplesmente se acomodam na vida e querem que as coisas caiam do céu para elas. Em vez de se espelharem nos exemplos das pessoas que trabalham e são produtivas, elas se alinham com as pessoas que querem que as coisas melhorem, mas que não fazem nada para isso acontecer. Vivem acomodadas, reclamando de tudo, esperando simplesmente que as coisas se resolvam, mas são incapazes de mover uma palha para isso.

"Quanto ao homem a quem Deus conferiu riquezas e bens e lhe deu poder para deles comer, e receber a sua porção, e gozar do seu trabalho, isto é dom de Deus." (Ec 5:19)

Vejam que Deus nos deu poder(fé), para termos uma vida de qualidade e se nos não usarmos esse poder(fé), ficaremos como esse homem, seguindo o exemplo da raposa, vamos abrir os nossos olhos e seguir o exemplo do tigre pois nada acontece por acaso e nem cai do céu, porque para isso ele também disse: "Quem somente observa o vento nunca semeará, e o que olha para as nuvens nunca segará." (Ec 11:4). Não tenha medo de tomar atitudes na sua vida com base na sua fé, pois aquele que fez a promessa é fiel para cumprir, creia nisso e passe a agir e seja cabeça e não cauda.

Deus abençoe a sua vida

sábado, 27 de junho de 2009

Estamos aqui

Olà, a partir de hoje nós estaremos aqui postando sempre uma mensagem pra vocês, sempre uma palavara de fé, um video, e etc.
tudo para fortalecer a sua fé.